Um tiroteio em um supermercado na cidade de Boulder, no Estado do Colorado, nos Estados Unidos, deixou mortos nesta segunda-feira, 22. A informação foi confirmada pela polícia da cidade, que ainda não soube precisar o número de mortos no incidente, alegando que nem todas as famílias das vítimas ainda não foram informadas, mas afirmou que um agente está entre as vítimas fatais. No momento, a corporação fala em “múltiplas vítimas“. A polícia da cidade também confirmou que um suspeito do tiroteio foi preso e teria se ferido durante o confronto contra os policiais. As causas do crime e as armas utilizadas ainda não foram divulgadas pelas autoridades. O caso aconteceu perto do campus da Universidade do Colorado. Por conta do episódio, a polícia pediu que a população ficasse dentro de casa e evitasse a região do tiroteio.

Nas redes sociais, o governador do Colorado, Jared Polis, disse que estava com o “coração partido” após receber as notícias sobre o episódio em Boulder e garantiu estar fazendo o possível para ajudar a comunidade da cidade. Ele também disse estar grato pela “coragem” dos policiais envolvidos no caso. Jen Psaki, secretaria de imprensa da Casa Branca disse que o presidente Joe Biden está sendo informado sobre o caso, mas, até o momento, o mandatário ainda não se manifestou sobre o caso.