O robô Zhurong, enviado pela China a Marte, desceu da plataforma de pouso, tocou o solo e começou a explorar o Planeta Vermelho no sábado, 22. A informação foi dada pela Administração Espacial Nacional chinesa. Segundo a agência, ele passará 90 dias buscando evidências de vida em Marte. A nave que levava o robô, a sonda Tianwen 1, pousou no planeta vizinho na semana passada. Batizado em homenagem ao deus chinês do fogo, o Zhurong, que é movido a luz solar, fez testes por vários dias antes de começar a exploração. A China tem planos espaciais ambiciosos, incluindo uma estação orbital tripulada e um pouso humano na Lua. Os EUA também têm uma missão contínua em Marte, com o robô Perseverance e um minúsculo helicóptero explorando o planeta. O terceiro país com missão em andamento no Planeta Vermelha são os Emirados Árabes Unidos. A sonda Amal (“Esperança” em português) foi lançada em julho de 2020, dias antes do envio da Tianwen 1 e da Perseverance.

*Com informações do repórter Victor Brown