O Reino Unido autorizou o uso da vacina de dose única contra a Covid-19 da Johnson & Johnson, que se junta aos outros três imunizantes já aprovados da PfizerBioNTech, AstraZenecaUniversidade de Oxford e Moderna. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 28, pela Agência Reguladora Britânica de Medicamentos e Produtos Sanitários (MHRA), que disse que o imunizante satisfaz os requisitos de segurança, qualidade e eficácia para ser administrada em pessoas com mais de 18 anos. O governo britânico, que mantém seu objetivo de vacinar toda a população adulta até o final de julho, tinha inicialmente adquirido 30 milhões de doses da Janssen, mas reduziu a encomenda para 20 milhões de unidades levando em conta o bom ritmo do plano de imunização. “Este é mais um impulso ao programa de vacinação do Reino Unido, extremamente bem sucedido, que já salvou mais de 13.000 vidas”, destacou o ministro da Saúde Matt Hancock em comunicado. Além da aplicação única, a vacina contra Covid-19 da Johnson & Johnson também possui como vantagem o fato de poder ser armazenada em uma geladeira comum, a temperaturas entre 2°C e 8°C. No início do ano, ela demonstrou uma eficácia de  67% contra as infecções pelo novo coronavírus e 85% na prevenção casos graves de Covid-19.

*Com informações da EFE