Pelo menos 200 estudantes de uma escola em Tegina foram sequestrados por homens armados neste domingo, 31, segundo divulgou a imprensa da Nigéria. O número exato de crianças raptadas ainda não foi confirmado por nenhuma fonte oficial. O novo sequestro em massa ocorreu um dia após a libertação de 14 estudantes da Universidade de Greenfield, em Kaduna, que tinham sido capturados em abril. Os últimos meses marcam um aumento no número de sequestros em escolas no norte da Nigéria, geralmente com o objetivo de lucrar com os resgates. No total, mais de 800 alunos foram sequestrados desde dezembro de 2020. Os casos que mais chamaram atenção da mídia recentemente foram a captura de 344 alunos de um centro estudantil em Kankara pelo grupo jihadista Boko Haram no dia 11 de dezembro e o rapto de outros 279 estudantes de uma escola feminina em Zamfara no dia 26 de fevereiro.

*Com informações da EFE