Um incêndio devastou um campo de refugiados em Cox’s Bazar, cidade litorânea no sudeste de Bangladesh, nesta segunda-feira, 22. De acordo com a Agência da ONU para Refugiados (ANUR), o fogo destruiu abrigos e colocou em risco a vida de mais de 800 mil pessoas da etnia muçulmana Rohingya, que passaram a morar ali depois de fugir de perseguições em Myanmar, que lhes nega a cidadania. A causa do incêndio ainda não foi determinada, mas chama atenção o fato dessa ter sido a terceira vez nos últimos quatro dias que o campo de 3 mil hectares pega fogo. Em janeiro também houve outros dois incêndios que destruíram centenas de casas e quatro escolas da Unicef. Dessa vez, ao menos 20 mil rohingyas teriam sido obrigados a deixar as suas casas.