Um terremoto de magnitude 6,1 seguido de outros menores atingiu a província de Yunnan, na China, nesta sexta-feira, 21. Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o tremor principal aconteceu por volta das 21h48 do horário local (10h48 em Brasília) a uma profundidade de dez quilômetros. As autoridades chinesas afirmaram que pelo menos duas pessoas morreram e 17 ficaram feridas, apesar do incidente não ter causado danos materiais significativos. A província de Yunnan é particularmente vulnerável a terremotos por estar localizada entre as placas tectônicas da Índia e da Eurásia.

Arranha-céu é evacuado em Shenzhen

Na terça-feira, 18, um arranha-céu de quase 300 metros de altura em Shenzhen teve que ser evacuado após balançar por um motivo ainda desconhecido. A cidade fica a quase dois mil quilômetros de Yunnan, do outro lado da China, e as autoridades já descartaram a possibilidade da oscilação ter sido causada por um terremoto. A agência de notícias chinesa Xinhua afirmou nesta sexta-feira, 21, que o proprietário do edifício determinou que ninguém terá permissão para entrar ali até que a investigação sobre a causa do incidente seja concluída. O SEG Plaza é um dos edifícios mais emblemáticos de Shenzhen e 212º prédio mais alto do mundo.