O ‘Arco de Darwin’, formação rochosa localizada no arquipélago de Galápagos, no Equador, desmoronou nesta semana. Segundo o Ministério do Meio Ambiente e Águas do país, o fenômeno foi observado na última segunda-feira, 17, e teria sido causado por uma erosão, sendo totalmente natural. Após a queda, restaram apenas dois pilares da antiga formação. O arco foi batizado em homenagem ao cientista britânico Charles Darwin e é considerado um dos melhores lugares para mergulho do mundo, segundo as autoridades equatorianas. Desde 1978, a formação era considerada Patrimônio Mundial da UNESCO.

Arco de Darwin depois de erosão

Apenas dois pilares resistiram à erosão