Com 93.108 % das urnas apuradas pela Oficina Nacional de Processos Eleitorais (ONPE), a conservadora Keiko Fujimori lidera o segundo turno de eleições presidenciais no Peru contra o candidato de esquerda Pedro Castillo. Keiko, do Fuerza Popular, tem 50.078 %, seguida de Castillo, do Peru Libre, com 49,922%. Segundo o jornal peruano Ahora, a candidata conservadora alcançou 8.339.898 votos contra 8.314.072 de Castilho. Filha do ex-presidente Alberto Fujimori, condenado por crimes contra a humanidade no país, Keiko chegou a ser detida sob acusação de corrupção. A candidata de direita defende a manutenção das regras econômicas atuais, como o livre comércio e medidas que facilitem os investimentos externos. á Pedro Castillo, considerado como a grande surpresa da disputa, surgiu com um discurso de esquerda e a promessa de “não haver mais pobres em um país rico”. Até o momento, 17.773.339 votos foram computados. Foram 16.653.970 votos válidos, 113.494 em branco e 1.005.876 nulos.