A Argentina recebeu nesta segunda-feira, 19, 800 mil doses da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19, que chegaram ao aeroporto de Ezeiza, na grande Buenos Aires, às 20h15 (local e de Brasília) em um voo da Aerolíneas Argentinas. Com mais esse carregamento, o país vizinho já recebeu 8.932.600 doses desde que o governo iniciou o processo de imunização, segundo fontes oficiais. De acordo com dados do Monitor de Vacinação Pública do Ministério da Saúde argentino, até a manhã desta segunda-feira foram aplicadas 6.334.554 vacinas, das quais 5.534.225 correspondem à primeira dose e 800.329 à segunda.

Além disso, 7.611.608 doses já foram distribuídas, e neste domingo 799 mil doses da vacina da AstraZeneca começaram a ser entregues em todas as províncias do país. Nas últimas duas semanas, a Argentina vem experimentando um aumento vertiginoso no número de casos de Covid-19, com um nível crescente de ocupação de leitos em unidades de terapia intensiva. Hoje, houve 20.461 novos casos de Covid-19 e 248 mortes causadas pela doença.

*Com informações da EFE