Um levantamento realizado pela Universidade Johns Hopkins apontou que, neste domingo, 23, a América Latina e o Caribe somaram mais de um milhão de mortos pela Covid-19. De acordo com o estudo que a Jovem Pan teve acesso, o número atingiu a marca de 1.004.090 óbitos. Nas regiões vivem apenas 8,4% da população mundal. Apesar disso, neste mês de maio, 31% dos óbitos por coronavírus no mundo foram registrados nos territórios. O Brasil lidera a lista da América Latina, com 448.208 perdas.

O México ocupa a segunda colocação, com 221.597 mortos, seguido pela Colômbia, que registra 84,228 óbitos. De acordo com uma publicação do Our World in Data, os diagnósticos da doença estão caindo na Europa, Ásia e na América do Norte. Na África, os casos seguem estáveis. Na contramão, a América do Sul aparece como a única região do mundo que continua registrando aumento no número de infectados em uma base per capita. Atualmente, no entanto, a Índia é o país que enfrenta a pior fase da pandemia no mundo.