O Ministério da Saúde definiu, em nota técnica divulgada nesta sexta-feira, 28, os novos critérios sobre vacinação contra a Covid-19 nos Estados e municípios. Segundo a nota, a partir de agora, professores e trabalhadores da educação poderão ser vacinados. Serão enviadas doses para finalizar a imunização de idosos e dos grupos de pessoas com comorbidades e, em paralelo, serão enviados quantitativos para o início da campanha em profissionais da educação. A pasta também autorizou a vacinação da população geral entre 18 e 59 anos, em ordem decrescente. De acordo com o ministério, funcionários e professores de creches e pré-escolas serão os primeiros a receber a primeira dose da vacina. O calendário irá priorizar os trabalhadores envolvidos na educação dos indivíduos mais jovens.

Segundo a pasta, a justificativa para a antecipação da vacinação deste grupo diz respeito aos “importantes impactos sociais ocasionados pela Covid-19 na educação infantil com a necessidade de volta às aulas presenciais”. “Estes impactos seguramente estão sendo mais importantes justamente nos grupos sociais menos favorecidos e que tem por exemplo dificuldade ou mesmo inviabilidade para uma adesão ao ensino a distância”, justifica o ministério, que ressaltou que as creches e escolas contribuem não apenas para a educação, mas também para a segurança alimentar das crianças. Após o término desta etapa de vacinação, será iniciada a imunização dos demais trabalhadores dos serviços essenciais, porém, de maneira concomitante, será iniciada a vacinação da população geral, de maneira escalonada e por faixas etárias decrescentes, até o atendimento total da população brasileira acima de 18 anos. Serão vacinadas primeiro as pessoas mais velhas, mas o detalhamento das faixas etárias a serem atendidos em cada etapa será feito por meio dos informes técnicos divulgados pelo Ministério da Saúde.

Confira a lista com a ordem de imunização de trabalhadores da Educação

  • Creches;
  • Pré-escolas;
  • Ensino fundamental;
  • Ensino médio;
  • Profissionalizantes;
  • EJA (Educação de Jovens e Adultos);
  • Ensino superior;