O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), fez um pronunciamento, no começo da noite deste domingo, 6, após a onda de violência no Estado que começou ainda na madrugada. Segundo o governador, os atos de vandalismo foram uma reação de criminosos às ações de enfrentamento contra o tráfico de drogas. “O Estado do Amazonas fez, no ano passado, uma apreensão recorde de drogas, 19 toneladas. Só este ano, de janeiro a maio, já foram apreendidas 11 toneladas. E já foram apreendidas, de janeiro a abril, 832 armas”, detalhou Lima, em transmissão veiculada nas redes sociais. Ainda de acordo com o governador, o número de policiais nas ruas foi triplicado e barreiras foram instaladas em locais estratégicos. “Já identificamos alguns possíveis mandantes. Quatorze pessoas já foram presas, dentre elas um dos líderes dos ataques coordenados em Manaus e nos municípios de Parintins e Careiro Castanho”. Até o momento foram registrados apenas danos materiais e nenhuma pessoa ficou ferida.

A delegada-geral da Polícia Civil, Emília Ferraz, informou que, das 14 prisões, 13 foram de pessoas diretamente envolvidas nos atos de vandalismo. O Secretário de Estado de Segurança Pública, Louismar Bonates, pediu o apoio da população para que seja denunciado qualquer ato suspeito através do 181 ou 190 e fez um apelo para que as pessoas não propaguem fake news. “Não disseminem boatos que atrapalhem o trabalho da polícia e levem insegurança para a população. Disseram, por exemplo, que a ponte que liga a Iranduba tinha sido interditada pelos meliantes. Isso não é verdade. Não divulguem notícias que os senhores não tenham como afirmar”.

Domingo violento

Na madrugada deste domingo, 6, criminosos atearem fogo em 14 ônibus e duas viaturas, uma da Polícia Militar e outra da Civil. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi interceptada por criminosos. Além da capital, foram registradas ocorrências nos municípios de Parintins e Careiro Castanho. A SSP afirmou que a ordem dos ataques partiu de dentro do sistema penitenciário após a morte de um traficante. O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM), por meio do disque-emergência 193, registrou, entre a noite deste sábado, 5, e a madrugada de domingo, 17 ocorrências de incêndio em Manaus. De acordo com o Centro de Operações Bombeiro Militar (Cobom) foram contabilizados incêndios em veículo, um em comércio e outro em um transformador de energia elétrica. Os incêndios em veículos ocorreram em diversos bairros de Manaus, dentre eles Planalto, Petrópolis, Santa Etelvina, São José 2, Novo Aleixo, Cidade de Deus, Japiim, Tarumã Açu, Jorge Teixeira, Armando Mendes e Flores.