O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) afirmou que fará mais exames para saber o “grau da lesão” que ele sofreu após um acidente de quadriciclo na Praia de Taíba, no Ceará. O episódio aconteceu no último sábado, 17, e foi confirmado pelo advogado de Flávio, Frederick Wassef. Através de suas redes sociais, o senador também negou que teria utilizado um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para retornar à Brasília.  “Sofri uma queda leve no sábado e meu ombro saiu do lugar. Agora estou sem dor e farei exames para saber o grau da lesão. O vídeo que está circulando sendo atribuído a mim é Fake, não sou eu! Também é Fake que usei avião da FAB”, disse Flávio na publicação. O acidente aconteceu na tarde de sábado e o senador foi atendido na cidade de São Gonçalo do Amarante, que fica a cerca de 60 quilômetros de Fortaleza. Segundo Wassef, o parlamentar sofreu uma luxação no ombro direito.