O Brasil registrou 42 mil casos e 1.657 novas mortes causadas pela Covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, o total de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) e suas variantes saltou para 13.943.071 e deve superar a marca de 14 milhões nos próximos dias. Já o número de vítimas fatais registradas desde o início da pandemia foi para 373.335. A média móvel de mortes pela doença nos últimos sete dias voltou a cair, indo para 2.885. Por outro lado, a média de casos diários aumentou para 65.864. Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS) através de atualização de boletim realizada às 18h deste domingo, 18.

Os indicadores da doença seguem mostrando o avanço da pandemia no Brasil. A taxa de mortalidade aumentou, indo para 177,7 a cada 100 mil habitantes, assim como a taxa de incidência, que saltou para 6.634,9 a cada 100 mil habitantes. Por sua vez, a taxa de letalidade seguiu estável em 2,7%. Em números absolutos, São Paulo é o Estado mais atingido pela Covid-19, com 2.746.217 casos e 88.350 mortes. Já em termos relativos, Amazonas é o Estado com maior mortalidade (295,5 a cada 100 mil habitantes) enquanto que Roraima detém a maior taxa de incidência (15.476,7 a cada 100 mil habitantes).