O Brasil somou mais 1.656 mortes provocadas pelo novo coronavírus nas últimas 24, registrou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), neste domingo, 28. O dado é considerado alto para um domingo, dia da semana em que os números costumam ser menores por causa das subnotificações. Desta forma, o país, em meio ao pior momento da pandemia, chega ao montante de 312.206 óbitos. Os Estados de São Paulo (71.991), Rio de Janeiro (36.109), Minas Gerais (23.687) e Rio Grande do Sul (18.823) são os quatro que mais computaram vítimas fatais.

O Conass registrou também mais 44.326 infectados pelo novo coronavírus no país, totalizando 12.534.688 casos. A última semana foi a pior da pandemia no Brasil, quando o Conselho registrou mais de três mil mortes em 24 horas durante três ocasiões: terça-feira, 26), sexta-feira, 26, e sábado, 27. Atualmente, o país é o único no mundo a registrar mais de mil óbitos em um único dia.